terça-feira, 31 de agosto de 2010

Planta de Crescimento Rápido: Hera


-Hedera helix;
-É uma angiosperma;
-É uma planta trepadeira;
-É original da Europa Central e Ocidental, das Ilhas Canárias, África e Ásia;
-Também conhecida como heradeira, aradeira, hedra, hera-dos-muros, trepadeira entre outros nomes;
-Seu caule pode atingir 30 metros com ramos lenhosos, muito longos, delgados e flexíveis que se apoiam em outras plantas por meio de raízes laterais aéreas;
-Pode cobrir uma área de 10 metrosX5 metros em 5 anos;
-Suas folhas são simples e de cor verde escura brilhantes;
-Suas flores são amarelo-esverdeadas;
-Seus frutos são tóxicos;
-Não é uma planta parasita;
-É uma planta muito requisitada em paisagismo e usada em forrações de muros.

Fontes: jardineiro.net; fassadengruen.de; Grande Enciclopédia Larousse Cultural, Nova Cultural; O Poder das Plantas (Incríveis Poderes da Natureza), Seleções do Reader's Digest.

Maria Celia Amorim

Locais Estranhos na Terra: Ilha de Yakushima



-É também conhecida como a Ilha Encantada do Japão;
-Está ao sul de Kyushu na província de Kagoshima;
-Está separada de Tanegashima pelo estreito de Vincennes;
-Possui a forma de um pentágono irregular;
-Possui uma extensa floresta tropical, sempre inundada e muito úmida;
-Chove todos os dias no mês;
-Nesta floresta está a presença de fungos, musgos e vários tipos de árvores;
-É Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1993;
-Seu céu é cinzento com nuvens escuras o tempo todo;
-O sol é difícil de ser visto;
-Os nevoeiros são constantes;
-As árvores nesta ilha crescem de forma exagerada;
-Possui 107 Km² de área;
-Elevam-se até 1.600 metros de altura;
-Na floresta de coníferas está a famosa árvore Yakusugi (cedro), sendo uma das mais antigas do mundo, podendo ter entre 3.000 e 5.000 anos;
-É um bom local para se fazer trilhas;
-É uma ilha montanhosa com mais de 30 picos de 1.000 metros ou mais de altura;
-O ponto mais alto é o Miyanouradake, com 1.935 metros de altura.
Fontes: yamasa.org; blogscience.com; gforum.tv.
Maria Celia Amorim

Pesquisadores do Pará descobrem 3 novas espécies de peixes na Amazônia



Pesquisadores do Museu Paraense Emílio Goeldi, que é uma referência em pesquisa científica na Amazônia, descobriram pelo menos três novas espécies de peixes no bioma. Os animais foram coletados em 2009 ou em anos anteriores. As descobertas foram feitas por alunos do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica, apoiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Um dos peixes descobertos é do gênero Hyphessobrycon, com espécie ainda não denominada. O animal pertence a um grupo que vive em rios e lagos da África e da América. A nova espécie tem algumas diferenças em relação a outras do grupo, como uma mancha escura na nadadeira da cauda. Outra descoberta é o gênero Tetranematichthys. Este foi coletado em 2007, entre a foz do Rio Negro e a do Trombetas, no Baixo Amazonas. Também há uma nova espécie do gênero Hemigrammus, sendo 43 espécies reconhecidas do gênero, distribuídas nos rios Amazonas, Orinoco, Paraná-Paraguai, no São Francisco em rios das Guianas e Suriname.

Foto 1: Hyphessobrycon; Foto 2: Tetranematichthys; Foto 3: Hemigrammus.

Fonte: G1 Amazônia

Underwater (32)

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Energia solar abastece Rizhao, na China

Existe uma cidade onde 99% da população conta com aquecedores solares de água e energia solar para a geração de eletricidade, esta é Rizhao. É um município com 2,8 milhões de habitantes situado na província de Shandong, na China. Ela é um exemplo de sustentabilidade urbana. Tudo começou em 1990, quando o governo municipal tornou obrigatória a instalação de aquecedores solares em todos os prédios. O seu objetivo era reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera e os custos com a energia. Então 99% dos habitantes da cidade passaram a usar os aparelhos. Este município possui mais de meio milhão de metros quadrados de paineis de aquecimento solar de água, o equivalente a cerca de 0,5 megawatts de aquecedores elétricos. Em Rizhao, a maioria dos sinais de trânsito, de rua e as luzes do parque são alimentados por células solares, fator que reduz as emissões de carbono e a poluição local. As reduções anuais de CO2 em razão da utilização de aquecedores solares de água chegam a 53 mil toneladas. Com isso acabou acontecendo uma mudança cultural na cidade. A China é seguida pelos Estados Unidos e a Rússia.
Fonte: EcoD

Mais Novo Município do Brasil: Extrema de Rondônia



-Desmembrado de Porto Velho, em Rondônia, que é um estado da região Norte do Brasil;
-Formado pelos Distritos de Extrema, Nova Califórnia, Vista Alegre do Abunã e por Fortaleza do Abunã;
-Está localizado na divisa dos Estados de Rondônia com o Acre;
-Foi criado em 1/3/2010;
-É um Município a oeste de Rondônia;
-Está a 330 Km da capital Porto Velho.

Fontes: rondoniadigital.com; portalamazonia.globo.com; ro.gov.br; extremaderondonia.com.br.

Maria Celia Amorim

Animais Transparentes: menor peixe transparente




-Da Indonésia;
-Paedocypris progenetica;
-É um parente da carpa;
-Mede no máximo 7,9 milímetros;
-Habitam os pântanos ácidos da Ilha de Sumatra;
-Mantem o aspecto de larva durante toda a sua vida;
-É transparente e seu crânio é bastante rudimentar e deixa exposto seu cérebro; e
-Suas nadadeiras são modificadas para sobreviverem ao ambiente onde vivem.

Fontes: insolito.com.br; guardian.co.uk.

Maria Celia Amorim

Underwater (31)


domingo, 29 de agosto de 2010

Preserve a Amazônia


video

Vocês lembram deste comercial? Ele passava na televisão e foi premiado no ano de 1992. Era muito direto e até mesmo incomodava algumas pessoas pela frieza com que tratava o assunto. Porém, ele é atual e continua sendo direto. O desmatamento continua e a metáfora índio/desmatamento está aí. Vale a pena ver de novo, ver sempre.


Maria Celia Amorim

Locais Estranhos na Terra: Giant's Causeway



-Caminho dos Gigantes;
-Formado entre 50 e 60 milhões de anos por atividades vulcânicas;
-Está localizada no norte da Irlanda, a cerca de 3 Km a norte da cidade de Bushmills;
-É o resultado da erupção vulcânica;
-É Patrimônio Mundial pela UNESCO desde 1986, considerada Reserva Natural Nacional desde 1987;
-É a quarta maravilha natural do Reino Unido;
-Possui uma área de aproximadamente 40.000 colunas de basalto;
-A maioria das colunas são hexagonais;
-A coluna mais alta tem 12 metros de altura;
-A larva solidificada nas falésias é de 28 metros de espessura em alguns lugares;
-A área é um paraíso para as aves marinhas.

Fontes: aterraemmarte.com; nationaltrust.org.uk; giantscausewayofficialguide.com.

Maria Celia Amorim

Unesco endossa 1º estudo sobre patrimônio astronômico no mundo


A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), órgão ligado à ONU, endossa pela primeira vez um estudo sobre o patrimônio astronômico presente na Terra. O estudo conta com uma série de artigos que narram exemplos de sítios históricos ligados à astronomia, alguns já presentes na lista de patrimônios mundiais ou no rol de tentativas nacionais já apresentadas à Unesco. Desenvolvido como consequência do Ano Internacional da Astronomia, que contou eventos em 148 países durante o ano de 2009, o estudo tem como objetivo esclarecer a composição e a relevância da herança astronômica localizada em todo o planeta. O documento lista as principais características que devem ser encontradas em um local para que ele seja considerado um sítio com patrimônios astronômicos. Servirá para a elaboração de dossiês de cada país interessado em eleger um sítio com patrimônio astronômico durante convenções futuras da Unesco sobre o tema.
Foto:Tumba megalítica conhecida como 'Antas', encontrada em Portugal. São 177 monumentos na península ibérica, com orientações para todas as posições aparentes do Sol durante o amanhecer. As estruturas teriam sido erguidas 4.000 anos antes de Cristo. (Foto: I. Gomes / Flickr).
Fonte: G1

Underwater (30)


sábado, 28 de agosto de 2010

Ave Símbolo do Brasil: Sabiá Laranjeira



-Turdus rufiventris;
-Aparecem em todo o território brasileiro;
-Da família turdídeos;
-Da mata atlântica;
-É a ave mais popular brasileira;
-Ela é citada por vários poetas como o pássaro que canta no tempo do amor, ou seja, na primavera;
-Medem em torno de 25 centímetros;
-As fêmeas pesam 78 gramas e os machos 68 gramas;
-Podem viver até 30 anos;
-Preferem andar em casais do que em bandos;
-São territorialistas, demarcando sua área quando está em processo de reprodução;
-Seu canto é usado para conquistar as fêmeas antes do acasalamento;
-Cantam ao alvorecer e à tarde;
-Seu canto parece com o som de uma flauta;
-Sua plumagem é parda exceto no ventre, destacada pela cor vermelho-ferrugem;
-Não há dimorfismo sexual entre eles, ou seja, não há diferenças entre os machos e as fêmeas;
-São conhecidos também como sabiá amarelo ou peito-roxo;
-São onívoros, comendo desde frutos maduros, a insetos, larvas e minhocas, gostando de comer no chão.

Fontes: Grande Enciclopédia Larousse Cultural, Nova Cultural; Atlas da Fauna Brasileira, MA/IBDF-MEC/FENAME, Editora Melhoramentos; portalsaofrancisco.com.br; wikiaves.com.br.

Maria Celia Amorim

Planta de Crescimento Rápido: Ervilha de Cheiro


-Lathyrus odoratus;
-Também conhecida como ervilha doce;
-É uma angiosperma, da família das leguminosas;
-Seu caule possui gavinhas (foto 5) por onde se fixa;
-Suas flores são vistosas e perfumadas, com combinações de cores que vão do azul, passando pelo branco, amarelo, laranja, rosa e vermelho;
-Suas ervilhas são venenosas;
-É uma trepadeira;
-Cobre facilmente um caramanchão de 2 metros de altura em uma temporada;
-É uma planta nativa da região do Mediterrâneo, da Sicília Oriental, na Itália até Creta.

Fontes: Biologia Vegetal, Raven, Evere, Curtis, Guanabara Dois; O Poder das Plantas ( Incríveis Poderes da Natureza), Seleções do Reader's Digest; jardineiro.net.

Maria Celia Amorim

Underwater (29)


Biodiversidade: Mediterrâneo é o mar mais ameaçado do mundo



A flora e a fauna do Mar Mediterrâneo, entre as mais ricas do mundo, são também as mais ameaçadas, segundo uma matéria publicada neste blog no dia 2 de agosto. Esta postagem assinala a degradação dos habitats, o excesso de pesca e o aumento de espécies invasivas, favorecidas pelo aquecimento climático como causas para esta ameaça. Este mar é um dos mais estudados do mundo. Trata-se de uma rica biodiversidade exposta a numerosos problemas, mais significativas no Mediterrâneo que em outros lugares. A explicação reside em sua história - é uma região habitada há milênios- e em sua geografia, de mar quase fechado. Os mamíferos marinhos, como os cachalotes e os golfinhos, foram os que mais sofreram. E algumas espécies como a foca-monge do Mediterrâneo, praticamente desapareceram. A pesca em excesso é a segunda ameaça para a biodiversidade, correndo-se o risco de que aumente nos próximos dez anos. Mas a particularidade do Mediterrâneo é a presença importante de espécies invasivas, que são espécies que não pertencem naturalmente aquele habitat e que quando se instalam, por não terem competidores ou mesmo predadores, se adaptam e se reproduzem passando a ser um dos fatores de modificação da biodiversidade da região. Calcula-se que as espécies, provenientes de outros mares, somem mais de 600, ou seja, 4% do total das recenseadas. Estas espécies exógenas, cujo número aumentou nas últimas décadas, foram transportadas, principalmente, em barcos - através do canal de Suez e do estreito de Gibraltar. Este estudo lembra que a dispersão da Mnemiopsis Leidyi (ctenóforo americano) fotos 3, 4 e 5, de Israel até a Espanha, em 2009, foi motivo de grande preocupação devido a seu impacto conhecido nos ecossistemas e zonas pesqueiras. Espécies como a ostra ou a amêijoa japonesa foram introduzidas voluntariamente. Um mar mais quente atrairá novas espécies tropicais, e as populações presentes no Mediterrâneo emigrarão para novas zonas, que por enquanto não lhes são favoráveis.

Fonte: Yahoo Notícias, AFP

Maria Celia Amorim

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Estado Brasileiro com maior área territorial recoberta por Vegetação Nativa: Amapá


-Sendo apenas 2% de sua superfície devastada;
-As florestas cobrem mais de dois terços de suas terras e o restante corresponde a cerrados, manguezais e vegetação rasteira nas várzeas;
-Seu relevo é pouco acidentado;
-Sua superfície é de 143.453,7 Km²;
-73% de suas terras são cobertas por lagoas;
-Este estado faz divisa com a Guiana Francesa ao norte, separada pelo rio Oiapoque e ao sul com o Pará. A leste é banhado pelo Oceano Atlântico;
-Seu clima é quente e úmido – clima equatorial;
-Atravessado pela Linha dom Equador;
-Seus rios principais são: o Amazonas,o Oiapoque, o Jari, o Araguari e o Maracá;
-Seu território nasceu em 1943 e passou a estado em 1988;
-Para proteger a vegetação nativa, existem 8 Unidades de Conservação (UC) que ocupam 14% do estado;
-Sua hidrografia é abundante;
-Sua principal riqueza é o manganês;
-Amapá em Tupi significa “o lugar das chuvas”;
-A população indígena está estimada em 4.100 indivíduos que são divididos em 4 grupos: Galibi, Juminá, Uacã e o Waiãpi.

Fontes: Geografia do Brasil, aspectos físicos, sociasi e econômicos, Editora Moderna; Grande Enciclopédia Larousse Cultural, Nova Cultural; brasilrepublica.com.

Maria Celia Amorim