quarta-feira, 16 de março de 2011

Fotos de pássaros ameaçados é tema de concurso




Fotógrafos de todo o mundo participaram do concurso "Os pássaros mais raros do mundo". A ideia é chamar atenção para aves que correm risco de extinção. O objetivo do concurso era reunir o maior número de fotos das 566 espécies ameaçadas, de todas as partes do mundo. O brasileiro Sávio Freire Bruno foi um dos premiados, na categoria 'Extinto na natureza ou sob grave ameaça', com uma imagem de um pato-mergulhão.
Foto 1: Em 1º lugar na categoria "Extinto na natureza ou sob grave ameaça" ficou a foto de Shanne McInnes, uma espécie de papagaio da Nova Zelândia;
Foto 2: Martin Hale ficou em 5º lugar na categoria de pássaros ameaçados com esta imagem de dois mergansos, espécie de patos mergulhadores que se alimentam de peixes;
Foto 3: Na mesma categoria, quem ficou em 2º lugar foi um brasileiro. Sávio Freire Bruno fotografou um pato-mergulhão, que corre risco de extinção, com seus filhotes;
Foto 4: Nesta foto está a fregata andrewsi, um pássaro endêmico da Ilha Christmas (território da Austrália);
Foto 5: Vencedora na categoria de pássaros ameaçados, a foto de Quan Min Li mostra um Íbis-do-japão em pleno voo;
Foto 6: A imagem de um grou da Manchúria, feita por Huajin Sun, ficou em 2º lugar nessa categoria. A ave chega a medir 1 metro e é identificada por uma "coroa" vermelha na cabeça;
Foto 7: A foto que ficou em 3º lugar é a de um beija-flor originário do Peru, de Daniel Rosengren;
Foto 8: Esta foto de uma espécie de beija-flor originária de Honduras, de autoria de Robert E. Hyman, ficou em 5º lugar na categoria "Extinto na natureza ou sob grave ameaça";
Foto 9: A palila (Loxioides bailleui) é um pássaro que existe apenas no Havaí e sofre com a competição de outros animais;
Foto 10: O 4º lugar na categoria de pássaros ameaçados ficou com Csaba Barkóczi, por esta foto de uma abetarda indiana grande em pleno voo;
Foto 11: O íbis eremita desapareceu da Europa há 300 anos e hoje só alguns exemplares podem ser encontrados no Oriente Médio.

Fontes: Último Segundo, G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.