quinta-feira, 21 de abril de 2011

Descobertas duas novas espécies de víbora na Ásia

Uma nova espécie de serpente, chamada víbora verde de olhos de rubi (Cryptelytrops rubeus) foi descoberta no Sudeste Asiático, informa um estudo recente. A serpente vive nas florestas próximas à Cidade de Ho Chi Mihn, e nas colinas baixas do sul do Vietnã e do Platô Langbian, no Camboja. Cientistas coletaram as víboras verdes na Tailândia, Laos, Vietnã e Camboja entre 1999 e 2003, e as examinaram em laboratório, usando características físicas e genéticas para identificar novas espécies. Os cientistas também descobriram uma espécie muito semelhante com notáveis olhos amarelos, que batizaram de víbora verde das Montanhas Cardamom (Cryptelytrops cardamomensis), que habita o sudeste da Tailândia e o sudoeste do Camboja. Ambas as espécies foram descritas na edição de janeiro do periódico Zootaxa. A vida nas árvores é uma das razões que faz com que a víbora seja tão eficiente na digestão de suas refeições: um aparelho digestivo completo seria um obstáculo ao movimento nas alturas. Mas a nova espécie ocorre no solo e frequentemente busca alimento no solo. E elas ocorrem frequentemente perto dos curdos d’água, então é de se presumir que comam uma boa proporção de rãs. Também é sabido que outras espécies aparentadas comem pequenos mamíferos, e esses animais de parentesco próximo provavelmente são muito parecidos em termos ecológicos. O Parque Nacional Cat Tien, no Vietnã, é uma fortaleza para a nova espécie de víbora, que habita uma área geográfica bastante pequena, onde a pressão sobre as florestas é alta. Não se sabe como a serpente poderia se adaptar a outros habitats, portanto não está claro se a víbora verde de olhos rubi deve ser considerada uma espécie ameaçada.
Foto: National Geographic


Fonte: Último Segundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.