domingo, 3 de abril de 2011

Fotógrafo capta explosão de cores em detalhes dos artrópodes











Um fotógrafo americano capturou detalhes de diversos artrópodes em imagens que mostram formas complexas e as cores características dos animais. Munido de uma câmera digital comum e de lentes macro, Thomas Shahan fotografa diferentes espécies de animais minúsculos, principalmente aranhas e diversos tipos de insetos, como moscas e libélulas. No caso de uma aranha Maevia inclemens, o close-up mostra de perto os quatro olhos e a superfície amarela do octópode. Shahan diz que não mata, maltrata ou imobiliza os animais. "Eu sempre tento fotografar os objetos em seu ambiente natural - ou pelo menos na rua, mas eu ocasionalmente trago um artrópode para dentro de casa para fazer as imagens". O fotógrafo em seus primeiros experimentos, chegou a colocar alguns artrópodes no congelador, para deixar seus movimentos mais lentos, mas se arrependeu depois de ver que eles morriam depois de um tempo. Também diz que para fazer fotos de insetos, o equipamento é secundário. "Você pode fazer muito com pouca coisa". A dica que ele dá para os interessados é "sair para a rua, se divertir procurando insetos e tirar o maior número de fotos possível". Todas as fotos mostradas neste artigo são de Thomas Shahan. Foto 1: Aranha de quatro olhos, um dos objetos prediletos de seu trabalho; Foto 2: Esta foto mostra uma mosca Holcocephala fusca; Foto 3: Esta foto é de uma "mosca-cavalo" (Tabanus lineola); Foto 4:Aqui é mostrado um close-up de uma fêmea de Tabanus lineola; Foto 5: Nesta imagem, o "rosto" de uma Zygoptera; Foto 6: Na imagem, uma libélula azul Foto 7:Este é um louva-a-deus que é encontrado no sul da América; Foto 8: Na foto, o inseto conhecido como "donzelinha"; Foto 9: Nesta imagem de uma "aranha-lobo" (Hogna), é possível observar em detalhes os pelos e os olhos do octópode; Foto 10: Ele diz que a maioria dos insetos que tenta captar acabam fugindo antes que ele consiga tirar uma única fotografia. Na imagem, detalhes de uma Zygoptera.

Fontes: Último Segundo; estadao.com.br; G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.