terça-feira, 24 de maio de 2011

A gigantesca raia de água doce da Ásia



O ictiólogo e explorador Dr. Zeb Hogan, da Universidade de Nevada (Reno, EUA), liderou uma expedição em busca de um dos maiores peixes do mundo, o maior de águas doces: a raia da Tailândia, Himantura chaophraya. Imediatamente após sua chegada à Tailândia, Hogan viu uma raia gigante, com mais de 180 kg, ser pescada no rio Ban Pakong. No dia seguinte, no rio Meklong, conseguiu pescar, pela manhã, várias raias de 40 a 65 kg. Todas foram medidas, examinadas e libertadas em seguida, cada uma com um tag numérico. O tag é um tubinho de plástico preso a um estilete, informando a data e o local de captura e fixado ao dorso do peixe. Depois de 90 minutos de batalha, o pescador esportivo Ian Welsh, que participava da expedição, trouxe para a superfície uma raia gigantesca. Ilustrada nas fotos, ela tem mais de 2 metros de largura e cerca de 300 kg. Seu peso não pode ser corretamente avaliado, pois Hogan descobriu que a raia, uma fêmea, estava prenhe e decidiu libertar o bicho mais rápido para evitar estresse. Essa espécie de raia vive nas águas doces e estuários desde Myanmar e a Tailândia ao norte da Austrália. O tamanho máximo conhecido é de 2,4 m de largura de disco,5 m de comprimento total, (da ponta do focinho à ponta da cauda) e cerca de 600 kg. É uma espécie descrita recentemente, em 1990, por Monkolprasit & Roberts. Já é seriamente ameaçada de extinção, principalmente graças ao seu baixo índice de reprodução e à pesca comercial de grande parte de sua área de ocorrência.
Fonte: Rede Ambiente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.