sexta-feira, 6 de maio de 2011

Lagosta é descoberta em águas profundas



Capturada pela primeira vez em 2007, no mar das Filipinas, ao largo da ilha de Luzon, a lagosta foi catalogada recentemente pelos cientistas. Ela é diferente de tudo o que se conhecia sobre lagostas até agora. O formato de suas garras é uma novidade absoluta para a Ciência, tanto que um gênero novo foi criado para acomodá-la: Dinochelus, que deriva do grego e significa literalmente “garra terrível”. Terrível também é o tamanho desta nova espécie: o único exemplar conhecido tem 3 cm. Mas o que importa mesmo é que esta descoberta deve-se aos esforços do Censo da Vida Marinha (Census of Marine Life), um dos projetos mais ambiciosos de todos os tempos e que pretende agrupar todo o conhecimento existente sobre organismos marinhos. Ao longo dos últimos 10 anos, o Censo patrocinou 540 expedições científicas levadas a cabo por 2700 pesquisadores de mais de 80 países.

Fonte: Rede Ambiente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.