sábado, 14 de maio de 2011

Os dez piores desastres naturais da Humanidade




Desastres ou mesmo catástrofes, vêm em várias formas. Após o terremoto e tsunami ocorridos no Japão, talvez valha a pena relembrar o que acontece quando as impressionantes forças da natureza decidem mostrar quem manda. Apesar de muito temidos, meteoros, vulcões e raios não figuram na lista das dez mais mortais catástrofes. O maior número de vidas foi tomado pela terra e pela água – precisamente os dois elementos que permitem a vida.
Um dos mais famosos desastres naturais da história foi a erupção do Vesúvio, na Itália, no ano de 79 a.C. A cidade inteira foi pega de surpresa pela lava, criando um dos sítios arqueológicos mais importantes de todos os tempos. Devido à falta de informações, o número de mortes varia entre 3 e 30 mil, estando provavelmente entre 10 e 15 mil. Uma catástrofe impressionante - mas não chega nem perto das mais mortíferas. (foto 2)
Inundações na China – 1931; Morreram – entre 1 e 4 milhões. Após dois anos de seca, três rios diferentes inundaram no período entre julho e dezembro de 1931. É o maior desastre natural de que se tem notícia. Aproximadamente 87 mil km² ficaram completamente debaixo d’água – estima-se que em torno de um milhão de pessoas tenham morrido afogadas.
Inundação do Rio Amarelo, China – 1887; Morreram – entre 900 mil e 2 milhões. O rio amarelo é o berço da civilização chinesa e tem sido tanto uma bênção quanto uma maldição. Há séculos os fazendeiros que habitavam as planícies próximas ao rio construíam barragens para deter a água em épocas de cheia. Em 1887, elas cederam à força da correnteza, e aproximadamente 130 mil km² ficaram submersos. (foto 3)
Terremoto de Shaanxi, China – 1556; Morreram – pelo menos 830 mil pessoas. É o terremoto mais mortal de que se tem notícia. Aconteceu em 23 de janeiro de 1556, durante a dinastia Ming. A magnitude do terremoto provavelmente estava entre 7,9 e 8 na escala Ritcher.
Ciclone de Bhola, Índia e Paquistão oriental (atual Bangladesh) – 1970; Morreram – 500 mil. O pior ciclone de que se tem notícia. Durou seis dias. Apesar do governo indiano ter recebido relatórios de navios na baía de Bengala sobre as alterações climáticas, estas informações não foram passadas ao governo paquistanês porque os dois países não estavam em bons termos. Esta atitude custou milhares de vidas.
Terremoto de Tangshan, China – 1976; Morreram – entre 240 e 779 mil. Tangshan era uma cidade com risco relativamente baixo de terremoto, por isso as construções não eram preparadas. Muitas pessoas que sobreviveram ao tremor foram mortas por desmoronamentos de prédios. 240 mil mortes é o número oficial divulgado pelo governo chinês, mas como este estava passando por um período político delicado na ocasião do terremoto, é possível que seja um número propositalmente baixo pra não causar pânico. Alguns pesquisadores estimam que a quantidade de vítimas pode ser até três vezes maior.
Ciclone da Índia – 1839; Morreram – 300 mil. Em 25 de novembro, a cidade de Coringa foi atingida por uma tempestade que gerou ondas de doze metros, destruindo pelo menos 20 mil navios.
Terremoto da Antioquia, Turquia – 526; Morreram - 250 mil. Um terremoto fortíssimo atingiu o Império Bizantino, gerando um incêndio que matou quase tantas pessoas quanto o próprio temor. O imperador Justiniano I tentou reconstruir a cidade, mas a invasão da Pérsia, 12 anos depois, a arruinou novamente.
Terremoto de Hiyuan, China – 1920; Morreram – 235 mil. Em 16 de dezembro, um terremoto de magnitude 7,8 atingiu a região central da China, atingindo indiretamente quase toda a área do país. Um desmoronamento soterrou todo o vilarejo de Sujiahe. Alguns rios mudaram seu curso, outros simplesmente desapareceram. A fome as epidemias causadas em seguida reclamaram o restante das vítimas.
Tsunami Asiática - 2004; Morreram – 230 mil pessoas. Ondas de trinta metros atingiram quinze países da Ásia e África oeste. O sismo que causou o tsunami foi tão forte que deslocou o Pólo Norte em 2,5 centímetros, afetou o formato da Terra e tornou os dias 6,8 microsegundos mais curtos. (foto 1)
Terremoto do Haiti – 2010; Morreram – 220 mil pessoas
desalojou 1,3 milhão. Um terremoto de magnitude 7,0 teve seu epicentro a 25 km da capital haitiana, Port-au-Prince. O número de mortos foi tão grande que mais de 80 mil corpos tiveram que ser enterrados em valas comuns para permitir que hospitais e necrotérios se dedicassem aos vivos.
Fonte: Rede Ambiente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.