domingo, 24 de julho de 2011

Morte em massa de morcegos nos EUA


Conhecidos como insetívoros, pois se alimentam de insetos, eles contribuem, e muito, para manter as lavouras dos Estados Unidos livres de pragas. Mas infelizmente a “boa ação” desses mamíferos voadores está lhe trazendo sérios problemas de saúde. Uma epidemia apelidada como “síndrome do nariz branco” está se alastrando entre as espécies. Provocada pelo fungo Geomyces destructans, ela afeta o comportamento e o desenvolvimento deles durante a hibernação em cavernas. Além disso, por algum motivo ainda não descoberto, os campos de produção de energia eólica vêm misteriosamente atraindo esses animais para seus moinhos. Um estudo revelou que até 2020, só nas montanhas do Meio-Atlântico americano, entre 33 e 110 mil morcegos vão morrer por ano em choques com turbinas. Estima-se que só no estado da Indiana (EUA), uma colônia dos morcegos Eptesicus fuscus consome aproximadamente 1,3 milhões de insetos por ano. Desses, apenas um único morcego pequeno é capaz de comer de 4 a 8 gramas de insetos por noite. Identificou-se ainda que, se 1 milhão deles morrem por consequência da síndrome do nariz branco, entre 660 e 1320 toneladas de insetos deixariam de ser consumidos por ano (nas áreas afetadas pela síndrome). Com isso, a agricultura sofreria com as pragas e consequentemente os lavradores perderiam seus alimentos e deixariam de ganhar dinheiro para o seu próprio sustento.
Fonte: Rede Ambiente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.