domingo, 31 de julho de 2011

Museu Metropolitan de Nova York devolverá antiguidades ao Egito

O museu Metropolitan de Nova York concordou em devolver ao Cairo 19 peças de antiguidade que datam da época do faraó Tutancâmon. O anúncio foi feito pelo secretário-geral do CSA, Mohammed Abdel Maqsud, em comunicado no qual precisou que o subdiretor do Departamento de Arqueologia Egípcia, Atef Abul Dahab, chegará ao Cairo desde os Estados Unidos com as antiguidades na terça-feira (2). O museu de Nova York decidiu entregar esses objetos ao Egito após uma série de negociações entre responsáveis egípcios e americanos. O Egito tem pressionado pela repatriação de grandes tesouros faraônicos que ele afirma terem sido saqueados por potências estrangeiras. Entre as peças reivindicadas estão a Pedra de Rosetta, atualmente exposta no Museu Britânico em Londres, e o busto da rainha Nefertiti, no Museu Neues em Berlim. Os 19 objetos, todos de pequeno tamanho, foram encontrados na tumba de Tutancâmon, descoberta pelo arqueólogo britânico Howard Carter em 1922 na ribeira oeste do rio Nilo, na localidade monumental de Luxor, localizada 700 quilômetros ao sul da capital. Nessa época, o Governo egípcio permitia que os arqueólogos que trabalhavam com recursos próprios ficassem com uma parte substancial de suas descobertas. Os objetos, adicionados à coleção do Metropolitan no início do século 20, incluem um cachorro de bronze de dois centímetros de altura, e parte de um bracelete que pertenceu à sobrinha de Howard Carter, o arqueologista britânico que descobriu a tumba de Tutancâmon.
Foto: EFE ; Entre as peças, se destacam por seu valor um cachorro de bronze, de apenas dois centímetros de altura, um bracelete de lápis-lazúli, em forma de esfinge
Fonte: Último Segundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.