quinta-feira, 28 de julho de 2011

O inseto com o menor tempo de vida do mundo



Com mais de 2500 espécies, estes insetos pertencem a ordem Ephemeroptera. Encontrados em diversas partes do mundo, eles são os mais antigos insetos com asas já registrados. Seu corpo mole e alongado pode chegar a 4 cm de comprimento. Na maioria das espécies, os machos têm olhos grandes e suas patas dianteiras são propositalmente longas para na hora do acasalamento conseguir segurar as fêmeas em pleno ar. Seu habitat natural são as zonas próximas a água doce (parada ou de curso lento). Quando ninfas – forma na pré- fase adulta – costumam se esconder sobre rochas se alimentando de matéria vegetal. Vivem em média de algumas semanas a até três anos de idade, antes disso, mudam sua forma de 20 a 30 vezes em um período de até um ano. Normalmente são o prato predileto de muitos peixes. Ao atingir a fase adulta, seu tempo de vida se torna curtíssimo. Variando de 30 minutos para um dia, as efêmeras sobrevivem o suficiente para se reproduzirem e colocarem seus ovos da próxima geração. Não há oportunidade nem para se alimentarem. Este grupo é considerado ecologicamente essencial para o seu habitat. As suas ninfas servem de alimento para outros animais, representando uma grande importância para a cadeia alimentar.
Fonte: Rede Ambiente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.