domingo, 21 de agosto de 2011

Filhotes de espécies ameaçadas nascem no zoo de São Paulo



O Zoológico de São Paulo tem três novos filhotes de espécies ameaçadas de extinção. Nasceram dois micos-leões-pretos, a primeira cria de um jovem casal. Eles vivem em uma área reservada do parque, longe do público e próximo à mata, o que contribui para a reprodução da espécie ameaçada de extinção. Os biólogos ainda não sabem o sexo dos filhotes, e nos primeiros meses de vida eles permanecerão na área reservada. Em abril, em uma das ilhas do lago do zoo nasceu um exemplar de macaco-prego-de-peito-amarelo, espécie criticamente ameaçada de extinção. O macaquinho foi rejeitado pela mãe, mas passou a ser criado pelos biólogos e auxiliares no Setor de Mamíferos, onde foi batizado de Tonico. Após quase quatro meses, já se alimenta de frutas. Há ainda dois filhotes que estão sendo tratados no parque. Entre eles Laura, um filhote de tamanduá-bandeira, que foi encontrada sozinha próximo ao acostamento em uma estrada na região de Salto, interior de São Paulo. A segunda é Buba, uma fêmea de macaco-bugio, encontrada no próprio zoológico com aproximadamente 30 dias, após uma queda na mata. Ela foi diagnosticada com uma fratura na pata, e precisou passar por cirurgia, mas está bem e segue sob cuidados.
Foto: Stavenn/Wikimedia Commons.
Fonte: Último Segundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.