segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Iceberg que se desprendeu no Ártico continua à deriva no Atlântico Norte

Imagem de satélite feita pela Nasa no último dia 27, mostra o iceberg Petermann Ice Island-A à deriva no Mar de Labrador, entre a Groelândia e o Canadá. O iceberg fazia parte da Geleira de Petermann e media 259 km², quatro vezes o tamanho da ilha de Manhattan, quando se desprendeu, em agosto de 2010. Na época, pesquisadores da Universidade de Delaware afirmaram que o bloco de gelo representava o maior desprendimento do Mar Ártico desde 1962. Apesar da redução de tamanho, a ilha congelada continua a representar perigo para rotas de navegação e plataformas de petróleo. Cientistas de universidades como a de Ohio State continuam a observar a Geleira de Pettermann, que sofre constante desprendimento. Ainda não há comprovação científica de que tal fato é resultante do aquecimento global. Porém, o Greenpeace Internacional afirma que a geleira tem sofrido redução devido à elevação da temperatura e que o surgimento de blocos, em decorrência da quebra, pode se tornar constante devido à mudança do clima.
Foto: Imagem de satélite da Nasa mostra o iceberg Petermann Ice Island-A (ponto branco) à deriva no Mar de Labrador, entre a Groelândia e o Canadá. (Foto: Nasa/AP)
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.