segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Caraguatá






-Bromelia sp;
-"Planta espinhosa que produz cachos de frutos amarelos extremamente ácidos";
-Pertence a família das Bromeliaceas;
-Esta palavra vem do tupi-guarani e significa “erva da folha fibrosa";
-Esta planta apresenta longas folhas com fortes espinhos nas bordas sendo estes de colorido vermelho-arroxeado quando em flor;
-Suas fibras estão contidas no fruto e servem para o preparo de roupas, cintos e bolsas;
-Os frutos são apreciados crus, cozidos ou assados e eram de grande importancia para o alimento dos índios Bororo;
-Come-se também o rizoma, a inflorescência e o botão floral, geralmente crus ou cozidos;
-Quando ocupam grandes áreas, formam barreira que servem de esconderijos para ninhos de jacarés e rejúgio para cobras, tatus, porcos e tamanduás;
-Têm como habitat o cerrado brasileiro e as matas ciliares;
-O Caraguatá também é conhecido pelos nomes populares de gravatá, caravatá, caroá, caroatá, caruatá, caruatá-de-pau, coroá, coroatá, coroá-verdadeiro, craguatá, crauaçu, crauatá, crautá, cravatá, croá, curauá, curuá, curuatá, erva-do-gentio e erva-piteira;
-Existem cerca de 4 mil espécies, sendo que cerca de 1.250 estão no Brasil nos estados da Bahia, Ceará, Paraná e Rio de Janeiro;
-Estas plantas formam um verdadeiro pântano no alto das árvores e abrigam muitas espécies de seres vivos, entre eles os mosquitos que transmitem muitas doenças perigosas;
-Lugar de caraguatá é na floresta.
Fontes: Grande Enciclopédia Larousse Cultural, Nova Cultural; plantasquecuram.com.br; super.abril.com.br.
Maria Celia Amorim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.