terça-feira, 11 de outubro de 2011

Fotógrafo registra a alimentação dos ursos-pardos no Alaska

Um urso-pardo foi flagrado pescando salmão próximo ao vulcão Kukak, no Alasca, nos EUA. Os animais têm apenas os meses do verão para adquirir gordura corporal para sobreviver durante o rigoroso inverno da região. Durante o verão o animal chega a consumir cerca de 30 quilos por dia de peixes para sobreviver. Em setembro é o pico dos peixes na região, que sobem os rios para se reproduzirem. O animal fotografado é um dos dois mil urso-pardos que vivem no Parque Nacional do Katmai. Conhecido por atacar humanos, o urso-pardo é um dos maiores carnívoros terrestre, perdendo o posto apenas para o urso-polar. A poluição, as barragens dos rios e o aquecimento global são algumas das ameaças à reprodução do salmão no Alasca, o que pode interferir em toda a vida na região. Sem os peixes que fornecem uma grande quantidade de gordura, os ursos podem não conseguir sobreviver às baixas temperaturas do inverno. O fotógrafo da natureza, Jon Cornforth, viajou para a reseva de vida selvagem de Katmai para fotografar a alimentação dos ursos de perto. As imagens são um apelo para a consevação da espécie.
Fotos: Jon Cornforth / Barcroft Media / Getty Images
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.