quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Vulcão submarino entra em erupção no arquipélago das Canárias


Uma erupção vulcânica submarina acontece a uma distância de cinco quilômetros da ilha Hierro (arquipélago espanhol das Canárias), mas "não vai atingir a ilha", afirmaram nesta segunda-feira (10) especialistas e autoridades locais. "Nesta noite, sensores na ilha registraram o início de um processo de erupção", declarou à France Presse Alicia Garcia, que pertence a uma equipe de vulcanólogos que monitora a região. "Não há uma manifestação visível, apenas detectável por instrumentos", em razão da profundidade do local de erupção, explicou. "O que ainda não sabemos até o momento, é se ele só liberou gás ou se já liberou magma", afirmou o chefe da administração da ilha Hierro, Alpidio Armas. A erupção "não será sentida na ilha. Ela está a 5 km e a uma profundidade de 600 - 1.200 metros. Segundo nossos cálculos, tudo o que acontece a mais de 600 metros de profundidade não pode sair", acrescentou. Localizado no Atlântico sobre um vulcão submarino antigo, a pequena ilha espanhola de Hierro sofre há quase três meses tremores múltiplos que preocupam os vulcanólogos, que temem uma erupção na ilha. A erupção foi registrada dois dias após um terremoto de magnitude 4,3, o mais forte entre os 9.000 registrados na área nas últimas semanas. As ilhas Canárias não sofreram com nenhuma erupção desde a de Teneguia, na ilha de La Palma em 1971.
Foto: Cone vulcânico no sul da ilha de El Hierro, nas Canárias, em 1º de outubro (Foto: Reuters)
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.