domingo, 18 de dezembro de 2011

Esquilo Voador

Este animal possui hábitos noturnos, olhos grandes e uma membrana na pele que une as patas dianteiras e traseiras. Esta membrana se chama patágio e ajuda o animal a planar de uma árvore para outra. Na verdade, não podemos considerar este animal como voador porque a membrana não é considerada uma asa, mas através dela, o animal consegue controlar perfeitamente o seu pouso. A cauda também colabora para o pouso, pois ela serve como um freio antes da aterrisagem. Este tipo de esquilo é muito encontrado na Indonésia e em vários países da Ásia. Na América e na Europa também são vistos. No total são mais de 35 espécies de esquilos-voadores e a maioria se alimenta de brotos, nozes, frutos e insetos.A expectativa de vida é de 11 a 13 anos. Quando criado em cativeiro pode ser maior, pois a chance de ser capturado por um predador é bem menor. Guaxinins, coiotes, gatos domésticos e corujas são os principais predadores do esquilo-voador. Imaginar um mamífero como este “voando” de uma árvore para outra é quase que bizarro, mas trata-se de uma forma de proteção à espécie já que pode ser facilmente capturado se permancer em solo. Outro ponto interessante é que o animal possui pouca agilidade no solo, facilitanto mais ainda o ataque.
Fonte: Rede Ambiente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.