quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

A libélula pode ajudar o homem no combate à dengue?

A libélula é um inseto que possui um corpo fusiforme, ou seja, com as extremidades mais estreitas que o centro. Ela mede de 2 cm a 19 cm. O abdômen é alongado, olhos compostos e diferentemente da maioria dos demais insetos voadores, ela possui quatro asas semitransparentes que são capazes de se mover independentemente. O inseto é visto em todo mundo e costuma habitar regiões próximas à água parada (lagos temporários e poças), áreas pantaneiras, riachos e regiões ribeirinhas. A alimentação da libelinha, como também é conhecida, é baseada na caça de pequenos peixes e moscas. Uma de suas vítimas no Brasil é o Aedes aegyptic, o mosquito transmissor da dengue. Isto faz da libélula um importante inseto para o homem. Aqui são vistas 1200 das 5000 conhecidas no mundo. As libélulas não têm a capacidade de picar, utilizando a sua mandíbula somente para mastigar. Em um único dia, elas conseguem consumir insetos de até 14% de seu peso. Cerca de 600 insetos em 24 horas. Este número de presas decorre da velocidade que ela atinge. As espécies mais rápidas chegam até 85 Km/h. Se tivesse que andar no solo, ela não sobreviveria muito tempo, pois apesar de ter 6 pernas, praticamente não consegue andar com elas.
Fonte: Rede Ambiente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.