terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Nova pesquisa aponta declínio na população de borboletas do Reino Unido


A Butterfly Conservation (Conservação da Borboleta) publicou dados que mostram que quase três quartos das espécies de borboletas, que se reproduzem no Reino Unido, diminuíram sua população durante a última década. A pesquisa analisou as distribuições de 59 espécies reproduzidas regularmente no país. Os resultados mostram que 72% das espécies diminuíram em abundância durante dez anos e as distribuições de 54% das borboletas caíram drasticamente. Para Richard Fox, principal autor do estudo, os seus resultados foram "significativos, preocupantes e tristes”. Segundo a Butterfly Conservation, os resultados do projeto intitulado “O Estado das Borboletas no Reino Unido de 2011”, fornecem evidências adicionais de que o objetivo da União Europeia para estagnar a perda de biodiversidade até 2010, foi descumprido. “Apesar das promessas grandiosas por políticos, espécies raras e comuns de borboleta continuará a declinar nos nossos campos e cidades, como resultado da silvicultura, agricultura e construção de práticas que são hostis aos nossos nativos selvagens”, apontou Fox. No Brasil, segundo a Embrapa mais de 3.500 espécies de borboletas já foram descritas e 57 espécies de Lepidoptera estão ameaçadas de extinção.
Dados do estudo: A espécie “high brown fritillary” teve queda de 69% nos últimos dez anos, enquanto a “duke of burgundy” diminuiu em 46%. As espécies comuns de jardins também tem tido grandes declínios no número de população, quase dois terços na última década. Enquanto isso as espécies “meanwhile”, “the peacock”, “comma”, “speckled wood” e a “ringlet butterflies”, continuam se espalhando rapidamente no Norte do país, o que segundo a Butterfly Conservation é uma conseqüência das mudanças climáticas. A pesquisa também trouxe boas notícias, a exemplo das recuperações de algumas espécies raras, incluindo a “large blue”, reintroduzida na década de 1980 depois de se tornar extinta no país, e que agora está expandindo sua população e alcance, e a “heath fritillary”, que foi trazida de volta à beira da extinção. De acordo a Butterfly Conservation, as borboletas são vistas como espécies importantes, de modo que essas quedas graves podem representar uma crise mais ampla na biodiversidade de insetos.
Importância das borboletas: As borboletas fazem parte dos animais invertebrados que representam um dos elementos mais importante da fauna selvagem, tanto em número de espécies como em biomassa. Elas constituem uma importante fonte de alimento para outros animais, desde aves, outros insetos, pequenos mamíferos, plantas carnívoras. Desempenham também um importante papel na fertilização dos solos, na fecundação e produção da grande maioria das espécies cultivadas através da polinização e controle natural de pragas agrícolas. São também bioindicadores da saúde do ambiente.
Foto: A população de borboleta do Reino Unido diminuiu em três quartos em dez anos/Foto:Raphaellm 
Fonte: EcoD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.