domingo, 4 de dezembro de 2011

Saga: a espécie em constante declínio

Este estranhíssimo animal é a Saga. Hoje ela se encontra apenas em algumas regiões da Ásia, mas sua distribuição já chegou à América do Norte e parte da Europa. Seu tempo de vida pode variar de 6 a 10 anos. Pesam entre 36 e 63 quilos e apenas os machos possuem chifres. Eles também costumam ser relativamente maiores do que as fêmeas. Este seu bizarro nariz é flexível e possui uma importante utilidade. Ele serve para aquecer o ar no inverno e impedir que o animal inale poeiras e areias. Costumam ficar em grandes rebanhos e não fazem feio quando precisavam atravessar algum rio. A época de acasalamento inicia-se em novembro. Os machos disputam suas parceiras e o vencedor recebe como prêmio um verdadeiro arem que pode chegar a 50 fêmeas. A primavera é a estação escolhida para os filhotes nascerem. Uma coisa bem triste sobre a Saga é como sua população entrou em declínio nos últimos anos. Seja pela caça (já que seu chifre e sua carne são utilizados na medicina tradicional chinesa) ou por alguma doença, hoje existem apenas 50 mil exemplares desta espécie.
Fonte: Rede Ambiente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.