sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

As temidas aranhas da natureza

Algumas são grandes, outras são menores. Umas possuem venenos letais, outras são inofensivas. O que elas têm de mais em comum? Todas são incontestavelmente temidas pelo ser humano.Conheça sete, das mais incríveis aranhas que habitam diversas partes do mundo.
Foto 1:Parahybana lasiodora - Conhecida também como Caranguejeira-rosa-salmão-brasileira, esta é uma das maiores do Brasil – medindo de 20 a 25 centímetros de comprimento - é a segunda maior tarântula do mundo. São encontradas na região do nordeste e possuem um veneno relativamente fraco, incapaz de matar um homem adulto. As fêmeas podem viver de 10 a 15 anos, já os machos correm o risco de morrer na cópula porque essas costumam comê-los após o acasalamento.

Foto 2: Haplopelma lividum - Considerada a maior tarântula africana, de uma rapidez surpreendente e poderoso veneno, ela habita as florestas tropicais do sudeste da Ásia. Costuma chamar a atenção pela sua bela cor azulada e pode chegar a 13 cm de comprimento.

Foto 3: Theraphosa Blondi - Chamada também de Aranha-golias-comedora-de-pássaro, essa é o maior aracnídeo do mundo. Típica da região Amazônica, ela pode ser encontrada também na Guiana, Suriname e Venezuela. Pode chegar a incríveis 30 centímetros de comprimento e são capazes de viver a vida inteira em grandes tocas, nas zonas dos bosques. Sua picada é bastante dolorida e, ao se sentir ameaçada, ela produz um chiado bem alto. Podem viver mais de dez anos.

Foto 4: Poecilotheria regalis - Talvez ela seja a mais perigosa aranha de todas. É uma espécie muito venenosa, agressiva e uma das mais rápidas da natureza. Sua picada levará à internação hospitalar da vítima, já que o seu veneno é super ativo no homem. Seu habitat natural é o sudeste da Índia. Para alimentar-se, ela captura os insetos voadores, ao invés de prendê-los em sua teia. Pode chegar a 22 centímetros de comprimento.

Foto 5: Citharischius crawshayi - Nativa da África Ocidental, essa aranha também é considerada de porte grande. Podendo medir até 20 centímetros de comprimento, ela é capaz de comer um camundongo adulto inteiro ou qualquer outro animal que seja menor que ela. Seu veneno é muito forte. A mordida de um bebe, por exemplo, causa uma forte dor, alucinações e coceira no local durante cinco dias.

Foto 6: Loxosceles gaucho, L. laeta, L. Intermédia - É uma aranha brasileira que possui o veneno mais ativo. Pode ser considerada uma aranha doméstica, pois se encontram atrás de móveis, sótãos, porões e garagens – além de, na natureza, habitar cascas de árvores e folhas secas de palmeiras. Sua picada não é dolorida, porém ela causa necrose no local atingido. Seu corpo é pequeno, raramente ultrapassando os 3 centímetros.
Foto 7: Latrodectus curacaviensis - Conhecida como viúva negra, esta aranha também costuma matar os machos de sua espécie após o acasalamento. Possuí um veneno extremamente poderoso, podendo ser considerado fatal. É neurotóxico central e periférico, causando quadro clínico no local da picada e no sistema nervoso central. Além da dor intensa no local da picada, a vítima pode ainda apresentar mialgia (dor muscular) intensa, contraturas musculares generalizadas, podendo levar à convulsões tetânicas. O tratamento deve ser intensivo. Elas possuem um lindo desenho avermelhado na região inferior do abdômen e seu tamanho é pequeno, de apenas 3 centímetros.

Fonte: Rede Ambiente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.