terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Expedição ao Suriname cataloga novas espécies, como sapo-cowboy

Uma expedição científica ao Suriname, realizada pela organização Conservation International, documentou 1.300 espécies, incluindo 46 que podem ser novas para a ciência. O anúncio foi feito n0 dia 25 de janeiro. Entre as possíveis descobertas está um pequeno sapo apelidado de "cowboy", oito peixes de água doce e dúzias de novos insetos. As espécies foram encontradas em três áreas remotas do Suriname, visitadas durante três semanas, entre agosto e setembro de 2010. O objetivo era documentar a biodiversidade da região, pouco conhecida pela ciência, e ajudar a desenvolver projetos sustentáveis que promovam oportunidades econômicas para a população local, como ecoturismo. "Nossa equipe teve o privilégio de esporar uma das últimas áreas de selva vasta e inexplorada ainda remanescentes no mundo. Como cientista, foi emocionante estudar essas áreas remotas de florestas, onde inúmeras novas descobertas de espécies nos aguardam", disse Trond Larsen, coordenador da expedição, em material de divulgação. Ela faz parte do Programa de Avaliação Rápida da Conversation International, que realiza viagens científicas a áreas remotas, pouco exploradas e ameaçadas, para catalogação de espécies. Em mais de duas décadas de expedições, foram descobertas mais de mil espécies desconhecidas pela ciência.

Foto 1: O sapo-cowboy (Hypsiboas sp.) pode ser uma espécie nova para a ciência. Ele foi encontrado durante expedição do Programa de Avaliação Rápida da Conversation International, no Suriname, entre agosto e setembro de 2010. Paul Ouboter

Foto 2: Esse esperança pode ser de uma espécie nova para a ciência. Ele faz parte de um gênero que emprega defesas químicas contra predadores, como aves e mamíferos. Ele foi encontrado durante expedição do Programa de Avaliação Rápida da Conversation International, no Suriname, entre agosto e setembro de 2010. Piotr Naskrecki

Foto 3: O sapo "Pac-Man", já conhecido pela ciência, é um predador voraz, que fica parado aguardando sua presa se aproximar. Ele foi encontrado durante expedição do Programa de Avaliação Rápida da Conversation International, no Suriname, entre agosto e setembro de 2010. Trond Larsen

Foto 4 : Espécie de besouro-de-folha (Stilodes sedecimmaculata) foi encontrado durante expedição do Programa de Avaliação Rápida da Conversation International, no Suriname. A cor vermelha indica que o inseto é tóxico.

Foto 5: Um casal de besouros-tartaruga (Cyrtonota lateralis) foi encontrado durante expedição do Programa de Avaliação Rápida da Conversation International, no Suriname. Eles têm esse nome por causa da superfície dorsal, que lembra um casco de tartaruga.Trond Larsen

Foto 6: O sapo-cowboy (Hypsiboas sp.) pode ser uma espécie nova para a ciência. Ele foi encontrado durante expedição do Programa de Avaliação Rápida da Conversation International, no Suriname.Paul Ouboter

Foto 7: Câmeras que gravam no escuro registraram esta onça (Panthera onca), durante expedição do Programa de Avaliação Rápida da Conversation International, no Suriname.Conservation International Suriname

Foto 8: Espécie de esperança, que canta durante à noite para atrair parceiros. Ele foi encontrado durante expedição do Programa de Avaliação Rápida da Conversation International, no Suriname.Piotr Naskrecki
Foto 9: Espécie de esperança (Copiphora longicauda), que é muito sentível a mudanças no seu habitat. Ele foi encontrado durante expedição do Programa de Avaliação Rápida da Conversation International, no Suriname.Trond Larsen
Espécie de esperança, que é muito sensível a mudanças no seu habitat. Ele foi encontrado durante expedição do Programa de Avaliação Rápida da Conversation International, no Suriname.Trond Larsen

Foto 10: Uma lagarta mariposa (Eudesmia sp.) é coberta com gotas de orvalho. Ela foi encontrada durante expedição do Programa de Avaliação Rápida da Conversation International, no Suriname.Trond Larsen


Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.