segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Falcão-peregrino: o ser vivo mais rápido do mundo

O falcão-peregrino (Falco peregrinus) é uma ave de rapina diurna de médio porte que pode ser encontrada em todos os continentes - exceto na Antártida. A espécie prefere habitats em zonas montanhosas ou costeiras, mas pode também ser encontrada em grandes cidades como Nova Iorque, nos EUA. Na América do Sul, ela somente surge como espécie migratória, sem contruir ninhos na sua passagem. Como ave reprodutora, é “substituída” na América do Sul por uma espécie similar e um pouco menor, o falcão-de-peito-laranja. O falcão-peregrino chega ao Brasil no mês de outubro com o objetivo de fugir do forte inverno da América do Norte. Ele retorna para o norte no mês de abril. O que diferencia os falcões das demais aves de rapina é o fato de terem evoluído no sentido de uma especialização no voo em velocidade (em oposição ao voo planado das águias e ao voo acrobático dos gaviões).A velocidade do animal é facilitada pelas asas pontiagudas e finas, favorecendo a caça em espaços abertos – daí o fato dos falcões não serem aves de ambientes florestais, preferindo montanhas e penhascos, pradarias, estepes e desertos. É comum encontrar subespécies que ultrapassem os 300Km/h. O máximo já registrado foi de 389 km/h, sendo considerado o ser vivo mais rápido da Terra. O incrível é que a ave não passa de 1,5Kg, sendo a fêmea maior que o macho. O falcão-peregrino é ornitófago, ou seja, se alimenta quase que exclusivamente de aves. O alimento preferido da espéicie são as pombas. Durante o período reprodutivo, o animal põe cerca de 100 ovos em um penhasco, muitas vezes sem ninho. Os ovos são incubados pelo casal de pais durante um mês. A ave pode viver até 19 anos em cativeiro.
Fonte: Rede Ambiente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.