sábado, 4 de fevereiro de 2012

Pichiciego: o menor tatu do mundo

O pichiciego-menor (Chlamyphorus truncatus) é a menor espécie de tatu do planeta. A espécie faz parte da família Dasypodidae, que são conhecidos por terem uma concha de armadura óssea. O animal mede cerca de 9 a 15 centímetros de comprimento e um dos únicos mamíferos subterrâneos da América do Sul. Possui uma carapaça, como qualquer tatu, pelagem branca e macia. A cauda possui um tom rosa claro e por isto também é conhecido como Tatu fada rosa e Tatu encantador. Este tatu é um dos mamíferos mais raros do mundo, sendo encontrado no subterrâneo das planícies da Argentina, também conhecidas como “pampas argentinos”. Na superfície, ele é encontrado em pastagens secas, plantas de areia com arbustos e cactos. A pecuária na região é um dos motivos de declínio da espécie que utilmamente tem sido protegida por ambientalistas. Passa quase todo tempo de baixo da terra, alimentando-se de insetos e vermes. Ocasionalmente ele se alimenta de plantas e materiais de raiz. Um excelente cavador, pode se enterrar completamente em questão de segundos, principalmente se sentir ameaçado. Assim como a toupeira marsupial e as toupeiras douradas, o pichiciego é chamado de "nadador de areia" porque usa as garras dianteiras para agitar a areia, permitindo-lhes "nadar" por ela como se fosse água.
Se você quiser saber mais sobre este animal acesse em “Bichos Feios” Tatu Fada Rosa
Fonte: Rede Ambiente

Um comentário:

  1. parabéns pelo trabalho,gostaria que mais e mais pessoas se interessassem por esse assunto, principalmente quem vive no mesmo ambiente que os animais.

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.