terça-feira, 20 de março de 2012

Programa Ciência sem Fronteiras oferece 5.800 bolsas para graduação no exterior


O Programa Ciência sem Fronteiras abre inscrição que vai até 30 de abril, para estudantes de graduação nas áreas de ciência e de tecnologia interessados em estudar no exterior. São oferecidas 5.800 bolsas, para universidades da Austrália, Bélgica, Canadá, Coreia do Sul, Espanha, Holanda e Portugal. A bolsa pode chegar a até 12 meses de estudos, que serão depois aproveitados pela universidade brasileira de origem do estudante. Para esses países, há possibilidade de cursos de pós-graduação e graduação sanduíche. Para concorrer a bolsa, o aluno deve ter domínio da língua e estar matriculados em curso nas áreas consideradas prioritárias pelo programa. Os candidatos devem também, ter desempenho acadêmico satisfatório e ter cursado no mínimo 20% e no máximo 90% do currículo previsto. Os editais estão disponíveis na página do Ciência sem Fronteiras.
Doutorado: Há oportunidade de bolsas: 20 para doutorado pleno e 10 para doutorado sanduíche no Reino Unido. As inscrições vão até 26 de abril. Nas universidades de Nottingham e Birmingham.
Para o doutorado os projetos de pesquisa devem ser nas seguintes áreas:
- Ciências biomédicas e da saúde;
- Computação e tecnologias da informação;
- Tecnologia aeroespacial;
- Fármacos;
- Produção agrícola sustentável;
- Petróleo, gás e carvão mineral;
- Energias renováveis;
- Biotecnologia;
- Nanotecnologia e novos materiais;
- Biodiversidade e bioprospecção.
O Programa Ciência sem Fronteiras prevê a concessão de até 101 mil bolsas de estudo no exterior em quatro anos, das quais 75 mil apoiadas pelo governo e 26 mil pela iniciativa privada.
Fonte: EcoD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.