quarta-feira, 16 de maio de 2012

Calor fez primeiros cavalos surgirem com o tamanho de cachorros

Quando os cavalos surgiram, há mais de 50 milhões de anos, nas florestas da América do Norte, eles eram do tamanho de cachorros -- pesavam, em média, 5,6 kg. Foram as mudanças de temperatura que os transformaram nos grandes animais que conhecemos hoje, segundo uma pesquisa publicada pela revista “Science”. O Sifrhippus, como é chamado esse cavalo pré-histórico, viveu em um tempo em que a Terra tinha condições meteorológicas muito diferentes -- ela era bem mais quente. O auge da temperatura foi uma fase conhecida como "máximo térmico do paleoceno-eoceno". Em cerca de 175 mil anos, a temperatura subiu mais de cinco graus Celsius. Uma Terra mais quente é uma Terra também com recursos mais escassos. Para se adaptar, um terço dos mamíferos diminuíram de tamanho. Isso também aconteceu com o cavalo, que ficou ainda menor quando passou por essa era. Nos primeiros 130 mil anos dessa era, chegou a ter menos de 4 kg -- como um pequeno gato de estimação. Quando a Terra começou a esfriar novamente, nos últimos 45 mil anos, o cavalo voltou a crescer e chegou a atingir 6,8 kg no fim do período. Era o começo do estirão que o levaria ao tamanho atual. “Isso tem implicações, potencialmente, para o que podemos esperar ver no próximo século ou dois, pelo menos com alguns modelos climáticos que prevêem que o aquecimento será de até quatro graus Celsius nos próximos cem anos”, afirmou Ross Secord, da Universidade de Nebraska, em Lincoln, nos EUA, um dos autores do estudo.
Foto: Ilustração compara o 'Sifrhippus', à direita, com o cavalo moderno (Foto: Danielle Byerley, Museu de História Natural da Flórida)  
Fontes: G1;Último Segundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.