sábado, 26 de maio de 2012

Cientistas traçam origem de pombos para entender variações da espécie

Um estudo publicado na revista científica "Current Biology", traçou a árvore genealógica dos pombos, com o objetivo de descobrir a origem da enorme variação da espécie. Segundo os pesquisadores, existem mais de 350 raças da ave, com variação de cor, forma, tamanho do corpo e do bico, estrutura óssea, colocação de penas e comportamento. "A maioria das pessoas pensa nos pombos como ratos do céu. Mas as raças pombo doméstico são maravilhosamente diversificadas", disse Michael Shapiro, da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, em material de divulgação. “Nosso objetivo é rastrear variações no DNA que controlam algumas dessas interessantes diferenças entre as raças”, explicou Shapiro. O estudo comparou o gene de 70 raças de pombos domésticos e duas selvagens. Tantas raças de pombos não existiriam se não fossem cruzamentos realizados por aficcionados pela ave ao longo de milhares de anos, afirmou o pesquisador. Por isso, diz ele, a história da espécie é muito parecida com a dos cachorros domésticos. De acordo com o estudo, muitas raças de pombos tem como origem a Índia e o Oriente Médio. Outras raças modernas, que costumam ser descritas como originárias da Europa, podem ser descendentes de espécimes transportados para o continente por comerciantes ou colonialistas. 
Foto: Cristas da cabeça de duas raças de pombos domésticos, que não são geneticamente muito semelhantes (Foto: Mike Shapiro)  
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.