sábado, 26 de maio de 2012

"Mesa de Musgos" gera eletricidade por meio da fotossíntese

E se uma lâmpada ou um laptop pudessem ser alimentados por plantas? A "Moss Table" (Mesa de Musgos) mostra que puxar uma carga do processo de fotossíntese das plantas é, pelo menos, uma possibilidade. A mesa com vários potes de musgos é um produto de conceito inovador, que demonstra o futuro potencial de Biotecnologia fotovoltaica (BPV). A mesa exposta no Salão de Design de Milão foi desenhada por Alex Driver e Peralta Carlos em colaboração com a Universidade de Cambridge. Ela produz energia, por meio de um processo chamado de "biophotovoltaics", e que eles afirmam ser bem simples. Segundo o portal Dvice, a eletricidade é gerada a partir dos elétrons capturados por fibras condutoras dentro de potes de musgos. A tecnologia transforma a energia que seria desperdiçada no processo de fotossíntese em energia que pode ser colocada em uso prático. Eles convertem energia química em energia elétrica utilizando material biológico, como algas, cianobactérias e plantas vasculares. A Moss Table faz parte de um projeto maior de pesquisa intitulado "Design em Ciência" e ainda está em fase de teste. No entanto, ela já pode produzir eletricidade suficiente para alimentar pequenos dispositivos como relógios digitais. Os cientistas estão prevendo que os dispositivos futuros BPV sejam capazes de alimentar aparelhos maiores, como lâmpadas e até mesmo laptops. 
Foto: A Moss Table faz parte de um projeto maior de pesquisa intitulado "Design em Ciência"/Fotos:Divulgação  
Fonte: EcoD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.