sexta-feira, 18 de maio de 2012

'Pum' de dinossauros pode ter aquecido a Terra na pré-história

Um estudo publicado no dia 7 de maio pela revista científica “Current Biology” sugere que, muito antes do surgimento do homem, os animais já influenciavam o clima da Terra. Teoricamente, o metano emitido pelo “pum” dos dinossauros seria suficiente para aquecer o planeta, pois o gás contribui com o efeito estufa. Os saurópodes eram dinossauros herbívoros muito grandes, caracterizados também pelo longo pescoço, que atingiram seu auge na Era Mesozoica, 150 milhões de anos atrás. Assim como acontece com os herbívoros modernos – as vacas, por exemplo –, micróbios no sistema digestivo produziam metano por meio da fermentação das plantas. Os especialistas se basearam nisso para fazer o cálculo. Eles analisaram a proporção de metano emitida pelos herbívoros atuais, de acordo com sua biomassa. Depois, compararam essa relação com os dinossauros, que mediam até 45 metros e pesavam mais de 45 toneladas. Os pesquisadores concluíram que estes dinossauros podiam emitir conjuntamente até 520 milhões de toneladas anuais do gás. Atualmente, as emissões anuais de metano chegam a 500 milhões de toneladas, contra 181 milhões da era pré-industrial. Estima-se que, na época em que os animais viveram, a temperatura do planeta seria em média 10 graus acima do que é hoje. “Um simples modelo matemático sugere que os micróbios que viviam nos dinossauros saurópodes podem ter produzido metano suficiente para causar um efeito importante no clima mesozoico”, afirmou o coordenador do estudo, Dave Wilkinson, da universidade John Moores, de Liverpool, na Inglaterra. “De fato, nossos cálculos indicam que estes dinossauros podem ter produzido mais metano do que todas as fontes de metano atuais juntas, naturais ou criadas pelo homem”, acrescentou. 
Foto 1: Getty Images Dinossauros gigantes podem ter ajudado a aumentar a temperatura da Terra 
Foto 2: Saurópodes emitiam 520 milhões de gás na atmosfera anualmente/ BBC/Reprodução
Fontes: Último Segundo; estadao.com.br; G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.