terça-feira, 29 de maio de 2012

Tartaruga-verde: uma espécie vegetariana

A tartaruga-verde é a única espécie marinha que é considerada vegetariana em sua fase adulta. Ela alimenta-se essencialmente de algas. Na fase inicial, até os 30 cm, sua dieta consiste de crustáceos, algas, insetos e ervas marinhas. O nome da tartaruga é devido à cor da sua gordura corporal localizada abaixo de sua carapaça. A espécie pode ser encontrada em todos os oceanos do planeta, principalmente nas águas tropicais e subtropicais. Sua carapaça pode ter 143 cm de comprimento curvilíneo e seu peso é de geralmente 200 kg, sendo que o maior registro de uma tartaruga-verde foi de 395 kg. A cabeça é pequena com um par de escamas e com a mandíbula serrilhada para facilitar a alimentação do animal.A maturidade sexual da espécie é atingida entre 20 e 50 anos. O acasalamento ocorre no mar e a desova é na areia. São mais de 100 ovos colocados pela fêmea que eclodem após quase 70 dias. Apesar de ser protegida por lei e programas ambientais, a tartaruga-verde infelizmente corre sérios riscos de extinção devido a poluição das águas e a caça de pescadores.
Fonte: Rede Ambiente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.