domingo, 27 de maio de 2012

Vegetação da Europa concentra rica biodiversidade de espécies

Estudo publicado no "Journal of Vegetation Science" mostra que as regiões de pradaria localizadas em países europeus têm alta concentração de espécies vegetais convivendo em uma mesma área. Tal fato tornaria essas áreas tão ricas em biodiversidade quanto as florestas tropicais da América do Sul ou da África. A pesquisa organizada por cientistas da Universidade Otago, na Nova Zelândia, diz que em algumas áreas da Europa Oriental houve registros de grande quantidade de vegetais convivendo em um mesmo hectare, o que iria até contra o princípio natural de que duas espécies diferentes não conseguiriam coexistir. Em menor escala, as vegetações europeias concentrariam uma população tão grande de plantas quanto as existentes em floresta tropical sul-americanas ou africanas.  
Dimensão: De acordo com Bastow Wilson, um dos autores do estudo, pesquisas sobre a riqueza de plantas foram feitas em áreas de 1 mm² até um hectare. Nas áreas acima de 50 m², as florestas tropicais na Costa Rica, Colombia e Equador foram consideradas como as que mais contêm espécies diferentes convivendo juntas. No entanto, segundo Wilson, grandes pastagens da Europa ou savanas seriam os lugares de maior riqueza de espécies na Terra. Essas ricas savanas foram achadas no centro oriental da Europa, da fronteira da Alemanha com a Romênia, embora dois exemplos tenham sido achados também na Argentina. As plantas estavam principalmente em terras com presença de calcário e em duas áreas de prado arborizados, uma paisagem que já foi bastante comum na Europa, mas que agora é muita rara. 
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.