terça-feira, 19 de junho de 2012

Aquecimento global ameaça florestas dos EUA

O aquecimento global pode ser o principal responsável pela grande quantidade de carbono liberado nas florestas norte-americanas, de acordo com um estudo da Universidade da Califórnia em Irvine, divulgado nesta semana na revista científica “PNAS”, da Academia Americana de Ciências. Cientistas da universidade descobriram que o aquecimento do solo em Wisconsin e em florestas da Carolina do Norte, aumentou a liberação de dióxido de carbono em até oito vezes nos últimos anos. A pesquisa mostrou pela primeira vez que a maioria do carbono depositado no solo é vulnerável a este efeito de aquecimento. “Descobrimos que décadas de depósito de carbono no solo são liberados para a atmosfera mais rapidamente quando as temperaturas ficam mais quentes”, afirmou a Francesa Hopkins, principal autora do estudo. O estudo sugere que o efeito do aquecimento nos solos florestais pode, na verdade, criar um círculo vicioso entre a ação do homem e da natureza. Isto é, os cientistas do clima temem que as árvores e os solos se tornem fontes de emissões de gases de efeito estufa ao invés de serem repositórios. “Nossos resultados sugerem que as grandes reservas de carbono construídas ao longo do século passado irão ser corroídas com a elevação da temperatura", disse Susan Trumbore, outra autora do estudo.  
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.