quinta-feira, 28 de junho de 2012

Cientistas encontram nova espécie de sapo em floresta da Malásia

Pesquisadores da Malásia descobriram uma nova espécie de anfíbio que vive na região de Bornéu, ilha conhecida por ambientalistas como local rico em biodiversidade. De acordo com cientistas da Universiti Malaysia Sarawak (Unimas), o exemplar de sapo marrom tem entre 4 e 5 centímetros e emite um som característico e estridente. O animal foi descoberto durante uma expedição feita às florestas do Monte Singai, em Sarawak, durante o mês de setembro de 2010. Um outro exemplar também foi visto próximo ao Parque Nacional de Kubah, na mesma região. No ano passado, pesquisadores da mesma universidade reencontraram uma espécie de anfíbio na ilha de Bornéu que era considerada desaparacida desde 1924. O sapo arco-íris de Bornéu (Ansonia latidisca) foi descrito há 87 anos, por meio de ilustrações, mas desde aquela época não houve mais notícias sobre o animal. Os anfíbios auxiliam os seres humanos em fatores importantes, como no controle de insetos que espalham doenças e ajudam a manter saudáveis os ecossistemas de água doce. Os produtos químicos na pele deles também auxiliam na criação de novos medicamentos com potencial de salvar vidas.


Foto 1: Exemplar de sapo marrom, nova espécie que foi encontrada em Bornéu por pesquisadores da Malásia. (Foto: HO/UNIMAS/AFP)


Foto 2: Sapo arco-íris de Bornéu, redescoberto por pesquisadores após ser considerado extinto por 87 anos (Foto: Divulgação/Indraneil Das)  


Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.