sexta-feira, 29 de junho de 2012

Contaminado por chumbo, condor-da-Califórnia corre risco de extinção

A recuperação do condor-da-Califórnia, uma espécie extremamente ameaçada de extinção, esbarra na contaminação pelo chumbo encontrado em munições, informa uma pesquisa científica divulgada na edição do dia 26 de junho da revista da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos. Essa espécie de condor é uma das maiores aves voadoras do mundo e está sob risco de extinção. Em 1982, segundo o estudo, apenas 22 exemplares restavam. Após um intenso trabalho de recuperação, o número saltou para 400 animais no final de 2010 – ainda muito baixo para manter uma população estável. Agora, o estudo apresentado por Myra Finkelstein, da Universidade da Califórnia em Santa Cruz, indica que, sem intervenção humana para tratar a contaminação, a espécie pode desaparecer em poucas décadas. Os condores se alimentam de carcaças, da mesma maneira que urubus e abutres. Uma de suas principais fontes de alimentação são mamíferos de grande porte abatidos por caçadores, como os veados. Segundo a pesquisa, as aves se contaminam ao ingerir fragmentos das balas usadas na caça. Os cientistas capturam regularmente condores-da-Califórnia para tratamento. Anualmente, uma em cada cinco aves encontradas precisa ser desintoxicada. Após o apoio veterinário, ela é devolvida ao meio ambiente.


Foto 1: Condor-da-Califórnia é uma das maiores aves do mundo. (Foto: Cortesia/Joe Burnett)


Foto 2: O condor-da-Califórnia, ameaçado de extinção. (Foto: Cortesia/Daniel George) 


Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.