sábado, 16 de junho de 2012

Hipopótamo nanico? Este raro animal está em extinção!

Ao contrário dos outros hipopótamos que estamos acostumados, este, cujo nome científico é Choeropsis liberiensi, possui hábitos bem discretos sendo pouco visto em seu local de moradia. Endêmico da África ocidental, ele vive nas matas densas próximas a cursos d´água. Conhecido como hipopótamo-pigmeu, ele tem menos da metade do tamanho do outro e também é menos pesado. Possui poucos pêlos no corpo e sua coloração é preto-esverdeada. Machos costumam ser pouco maiores que as fêmeas. Seus hábitos são noturnos e durante o dia o animal descansa nos remansos, nos riachos e nas poças de lama. Sua pele brilhante é devido a uma substância que o hipopótamo exala que possui função antisséptica e proteção contra os raios solares – já que ele passa boa parte exposto ao sol.Pode passar aproximadamente seis horas da sua noite procurando alimento. São herbívoros e optam sempre por brotos, folhas e frutos. Costumam habituar-se tão facilmente quando estão em cativeiro que podem procriar até quatro vezes durante os períodos do estro (quando a fêmea está no cio). Infelizmente, o hipopótamo-pigmeu está classificado pela União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN) como espécie em perigo. A ameaça de sua extinção é devido à perda de seu habitat – graças ao desmatamento contínuo – e à guerra civil na região da Libéria (local onde vivem).  
Fonte: Rede Ambiente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.