segunda-feira, 18 de junho de 2012

Nanosponges: material que promete limpar vazamentos de óleo em oceanos

A maioria dos desastres ambientais ocorre devido à atividade humana. Derramamento de óleo na superfície dos oceanos é uma delas. O incidente destrói ecossistemas marinhos provocando um desequilíbrio ambiental. Por essa razão, pesquisadores da Universidade Rice e Penn, nos Estados Unidos, desenvolveram um material esponjoso que tem uma capacidade impressionante para absorver o óleo derramado na água. O material, intitulado"nanosponges de carbono" é um nanotubo de carbono produzido pela adição de uma pitada de boro, o que torna o material uma esponja ultra resistente. Eles também são constituídos com mais de 99% de ar, conduzem eletricidade e podem ser facilmente manipulados com ímãs. O estudante Daniel Hashim, um dos autores da pesquisa, explicou ao portal da Universidade Rice que os blocos possuem uma combinação perfeita. Eles são hidrofóbicos, ou seja, odeiam água, o que fazem eles flutuarem muito bem, além de oleófilos, eles adoram o óleo. Em termos mais simples, eles são atraídos pelo petróleo e repelem a água. Os nanosponges são altamente duráveis, podem ser usados várias vezes e armazenam o óleo para posterior recuperação. Eles também são capazes de absorver mais de cem vezes o seu peso em óleo. Segundo os pesquisadores, o objetivo do estudo é encontrar uma maneira de fazer redes tridimensionais destes nanotubos de carbono, que seriam grandes e grossos o suficiente para serem usados na limpeza de vazamentos de petróleo e para realizar outras tarefas. Eles têm grandes esperanças das aplicações ambientais do material. Limpeza dos oceanos é apenas o começo do quão útil estes novos materiais de nanotubos podem ser. Por exemplo, os especialistas afirmam que eles poderiam ser usados para fazer baterias mais eficientes e mais leves, como também suportes para regeneração de tecido ósseo. Eles ainda sugerem que os nanosponges podem funcionar como membranas de filtração.  


Foto 1: O material absorve mais de cem vezes o seu peso em óleo/Foto: Jeff Fitlow 

 

 



Foto 2: Os nanosponges repelem a água e adoram o óleo/Foto:Reprodução 


Fonte: EcoD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.