quinta-feira, 12 de julho de 2012

10 Animais que mais Sofrem com a Acidificação dos Mares

Os mares são considerados acidificados por terem menos oxigênio disponível para as espécies que estão nele, devido ao derramamento de óleo (petróleo), poluição por lixo jogado nele, entre tanto mal trato e falta de carinho com o meio ambiente. Abaixo estão relacionados os 10 animais mais afetados pelo descaso humano.


1 - Lesma do Mar: Também conhecida como Borboleta-do-Mar; É um Opisthobranchia, um molusco gastrópode. Não possui concha ou ela é muito reduzida.


2 - Pterópode: É o nome comum de alguns plânctons.


3 - Estrelas do Mar: Pertencem ao grupo dos equinodermas e podem ter entre alguns centímetros e um metro de diâmetro e sendo encontrados apenas no mar. compreendem cerca de 1500 espécies presentes em quase todas as latitudes.


4 – Lula: É um molusco cefalópode que não possui concha. A maioria das lulas não tem mais que 60 centímetros de comprimento, mas já foram identificadas lulas gigantes com 14 metros de comprimento. São exclusivamente carnívoros.


5 – Camarões: São crustáceos e podem ser marinhos, a maioria, ou de água doce. São animais com exoesqueleto. Aparecem no plâncton como Krill e são alimentos de baleias. Eles também são a base da cadeia alimentar dos oceanos.


6 – Ostras: São moluscos que vivem dentro de uma concha, com o corpo mole e que crescem, em sua maioria, em águas marinhas ou relativamente salgadas.


7 – Ouriço-do-mar: São animais equinodermos. Seu corpo é esférico e coberto de espinhos, medindo entre alguns milímetros e 30 cm. Dependendo da espécie, eles podem comer algas ou areia e em alguns casos, pode também ser necrófago e se alimentar de animais mortos.


8 – Haliote: É um gastrópode e sua carne é muito apreciada em pratos requintados na Ásia.
9 – Corais: São animais cnidários, pertencentes a Classe Anthozoa. Encontram-se em todos os oceanos. Os corais podem constituir colônias coloridas e podem formar recifes de grandes dimensões que formam um ecossistema com uma grande biodiversidade e produtividade. O maior recife de coral vivo do planeta é encontrado na Grande Barreira de Coral, na costa da Queensland, na Austrália. A maioria das espécies de coral que constroem recifes e desenvolve-se em águas tropicais e subtropicais, mas podem encontrar-se pequenas colônias de coral até em águas frias, como na Noruega.

10 – Peixe Palhaço: Existem cerca de 27 espécies e ele deve o seu nome à forma desalinhada como nada. Este peixinho faz parte da paisagem dos recifes de coral. O peixe-palhaço é reconhecido facilmente pela sua cor brilhante e pelas suas bandas brancas contornadas por preto. Ele vive nos recifes de coral do Pacífico e é onívoro, medindo entre 6 a 15 cm de comprimento .   
 

Fontes: Grande Enciclopédia Larousse Cultural, Nova Cultural; Zoologia dos Invertebrados, Robert D. Barnes, Roca; Jornal O Dia (27/05/2012); portalsaofrancisco.com.br.
Maria Celia Amorim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.