domingo, 29 de julho de 2012

Agrotóxicos são uma ameaça para colônias de abelha

Os agrotóxicos são os novos vilões das abelhas. Segundo biólogos da Universidade da Califórnia, em San Diego, uma pequena dose da substância pode afetar a sobrevivência de toda a colônia. O resultado da pesquisa foi divulgado essa semana, na revista científica “Journal of Experimental Biology” e mostrou que o contato das abelhas com agrotóxicos usados em plantações, diminui o apetite dos insetos, além de reduzir a habilidade de recrutar as companheiras para encontrar bons restos de comida. Para os pesquisadores, o principal suspeito na queda da população das abelhas é chamado de “inseticida imidacloripe”. A equipe testou a ação de uma pequena dose do inseticida nas abelhas, na mesma quantidade do néctar que ela costuma se alimentar, e observou que o apetite delas mudou completamente. Os estudiosos ainda detectaram que o contato com o agrotóxico afetou o sistema de comunicação das abelhas. “A exposição ao agrotóxico considerado seguro pode afetar negativamente a saúde das colônias de abelhas”, afirmou James Nieh, professor de biologia da Universidade de San Diego, e um dos autores do estudo. A redução das abelhas é preocupante devido seu importante papel de polinização, que contribui na preservação da vida vegetal e também na manutenção da variabilidade genética. 
Foto: Os agrotóxicos contaminam o néctar que as abelhas costumam se alimentar/Foto: sxc.hu  
Fonte: EcoD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.