segunda-feira, 23 de julho de 2012

Espécie rara de sapo é batizada em homenagem ao príncipe Charles

Uma espécie rara de sapo foi batizada em homenagem ao príncipe Charles, do País de Gales. O reconhecimento ao herdeiro do trono inglês foi feito por uma entidade de conservação, após os esforços do príncipe para proteger as florestas tropicais do mundo nas últimas décadas. Esses animais vivem na região equatorial e foram chamados de Hyloscirtus princecharlesi. O anfíbio de cor castanha com grandes manchas laranja foi descoberto há quatro anos pelo cientista equatoriano Luis Coloma, entre espécimes conservados em museu. O acadêmico participou, mais tarde, de uma expedição a um parque nacional em sua terra natal e encontrou três adultos vivos e alguns girinos. Esses sapos estão ameaçados no habitat natural por causa do impacto da agricultura. O príncipe Charles, que preside a organização ambiental WWF no Reino Unido, conheceu Coloma no dia 4 de julho em uma palestra ambiental no condado de Gloucestershire, oeste da Inglaterra, onde fica uma das residências da família real. 
Foto: Sapo tem cor castanha com manchas laranja e foi descoberto há quatro anos (Foto: Daily Mail/Reprodução)  
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.