sexta-feira, 13 de julho de 2012

Mar mais ácido pode afetar alimentos e turismo na Oceania

A diretora de uma agência científica norte-americana afirmou no dia 9 de julho que a acidificação dos oceanos é uma das maiores ameaças aos recifes de corais e age como uma doença – a “osteoporose do mar”, nas palavras dela – que pode afetar desde a capacidade de produção de alimentos até o potencial turístico de cada região. Jane Lubchenco, diretora da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos EUA (NOAA), participa do Simpósio Internacional de Recifes de Corais, em Cairns, na Austrália. Os oceanos absorvem o excesso de dióxido de carbono na atmosfera, o que torna a água mais ácida. Estruturas rígidas como as conchas de ostras e o esqueleto dos corais são as mais afetadas pela alteração. Por isso, Lubchenco comparou o efeito à osteoporose, que é uma doença que fragiliza os ossos. “Temos um tipo de tempestade de fatores de estresse de múltiplos lugares realmente golpeando os recifes ao redor do mundo”, afirmou a pesquisadora. “É uma situação muito séria”, completou. Além da composição de alguns animais, a nova química dos oceanos pode alterar os sentidos de seres marinhos. Pesquisas indicam que o salmão e o peixe-palhaço, entre outros peixes, podem adotar novas rotas de nado devido a mudanças em seu olfato. “O dióxido de carbono que colocamos na atmosfera vai continuar a ser absorvido pelos oceanos por décadas”, afirmou Lubchenco. “Vai levar um bom tempo até que a gente consiga estabilizar e mudar a direção das mudanças simplesmente porque a atmosfera e os oceanos são muito grandes”, concluiu.


Foto 1: Imagem do Instituto Australiano de Ciência Marinha mostra parte da Grande Barreira de Corais afetada por síndrome da acidificação. (Foto: Arquivo/Australian Institute of Marine Science/AP)


Foto 2: Peixes nadam entre corais esbranquiçados, afetados pela acidificação dos oceanos. (Foto: Arquivo/Australian Institute of Marine Science/AP)  


Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.