terça-feira, 18 de setembro de 2012

Frio e Sono

Em seu livro sobre a viagem do Beagle, Charles Darwin narrou seu primeiro encontro com outro membro do mesmo gênero da raposa da Patagônia (Lycalopex griseus), a raposa de Darwin (Lycalopex fulvipes): "eu poderia, andar calmamente atrás dela e bater-lhe na cabeça com meu martelo geológico. Esta raposa, mais curiosa ou mais científica, porém menos sábia do que a generalidade dos seus irmãos, está agora no museu da Sociedade Zoológica ".
Foto: Mattias Klum / National Geographic Image Sales;Uma raposa da Patagônia boceja no parque nacional de Torres del Paine, no Chile.  
Fonte: Último Segundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.