quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Aquicultura

O cultivo de peixes em “fazendas” já ultrapassa ¼ da produção brasielria de pescado e pode ajudar a evitar extinções. Entre as espécies mais cultivadas estão os peixes abaixo:

1 – Dourado: Salminus brasiliensis. É um peixe dos rios do Brasil, ocorrendo na Bacia do Prata. É muito apreciado pelos pescadores esportivos. É um peixe lendário por sua bravura e resistência uma vez fisgado.

2 – Jaú: Zungaro jahu. Ele habita as bacias do rio Amazonas e do rio Paraná. É considerado um dos maiores peixes de água doce,, podendo alcançar mais de 2m de comprimento total e 180kg.

3 – Matrinxã: Brycon amazonicus. Ocorre na bacia Amazônica. Éuma espécie nativa de grande importância comercial para a piscicultura por apresentar alta taxa de crescimento.

4 – Piau: "Piau" procede do termo tupi pi'au, "que significa pele manchada. Leporinus freiderici. Podendo medir até 40 centímetros de comprimento. Possui o corpo longo com três manchas bem marcada sobre os flancos.
5 – Pintado: Pseudoplatystoma corruscans. É uma espécie fluvial de couro com hábitos noturnos. Apresenta cabeça achatada e volumosa tomando boa parte do corpo. A coloração é cinza-parda, ventre esbranquiçado e pequenas manchas pretas arredondadas, inclusive nas nadadeiras. É um dos maiores peixes do Brasil, normalmente atinge 1m de comprimento, pesando entre 60kg e 80kg. Mas há registros de exemplares com mais de 2m pesando 100kg. Sua carne é de excelente qualidade.
6 - Pirarucu: Arapaima gigas. É um dos maiores peixes de água doce fluviais e lacustres do Brasil e do mundo. Pode atingir três metros e seu peso pode ir até 200 Kg. É um peixe que é encontrado geralmente na bacia Amazônica. Seu nome vem de dois termos tupis: pirá, "peixe" e urucum, "vermelho", devido à cor de sua cauda.
7 – Jundiá: Rhamdia quelen. Peixe de água doce que pode ser encontrado em praticamente todo o Brasil. Mede mais de 1 m e chega a pesar 12 kg.  
Fontes: wikipeixes.com.br; Grande Enciclopédia Larousse Cultural, Nova Cultural; .fishbase.org; Jornal O Dia (Vida e Meio Ambiente) – 12/08/2012 
Maria Celia Amorim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.