sábado, 6 de outubro de 2012

Ave Símbolo do Estado do Rio Grande do Sul: Quero-quero




-Vanellus chilensis
-É também conhecido por tetéu, téu-téu, terém-terém e espanta-boiada; 
-É uma ave da ordem dos Charadriiformes; 
-Pertencem a família dos Charadriidae;
-O quero-quero mede de 32 a 38 centímetros de comprimento; 
-Pesa de 300 a 320 gramas aproximadamente; 
-Possui um esporão pontudo, ósseo, com 1 cm de comprimento no encontro das asas; 
-Mesmo sendo extremamente comum, é uma espécie ainda pouco estudada; 
-Muito popular no Brasil, vive em banhados e pastagens; é visto em estradas, campos de futebol e próximo a fazendas, frequentemente longe d'água; 
-É uma ave territorial muito vigilante, e dá o alarme ao primeiro sinal de algum intruso em seus domínios, seja dia ou seja noite, sendo um bom cão de guarda; 
-Seu nome é uma onomatopeia de seu canto; 
-Para tirar os predadores de perto do ninho, o quero-quero se joga no chão, como se estivesse machucado e não conseguisse voar, deste modo, a ave atrai a atenção do predador e o afasta do ninho; 
-A lei estadual Nº 7.418, de 1º de dezembro de 1980, define o quero-quero como ave-símbolo do Rio Grande do Sul.  
Fontes: Grande Enciclopédia Larousse Cultural, Nova Cultural; wikiaves.com.br; portalsaofrancisco.com.br. 
Maria Celia Amorim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.