sábado, 6 de outubro de 2012

Centenas de tartarugas-oliva nascem em praia de El Salvador

Pescadores e biólogos de El Salvador trabalham em conjunto pela preservação de filhotes de tartaruga-oliva (Lepidochelys olivaceia), espécie que utiliza uma grande quantidade de praias do país para depositar seus ovos. Entretanto, caçadores interessados na venda desses ovos ameaçam a reprodução deste réptil. No dia 2 de outubro, ambientalistas da Fundação Zoológica Salvadorenha e voluntários colocaram centenas de ovos de volta na praia de San Diego em La Libertad, e prepararam o espaço para o nascimento de filhotes. Na manhã do dia 3 de outubro, centenas de exemplares de tartaruga-oliva quebraram a casca e foram direto para o mar. Considerada uma das menores espécies marítimas – chega a medir 60 centímetros – o animal ganhou este nome devido à cor oliva. De acordo com a lista vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN), a tartaruga pode ser encontrada em várias regiões do planeta, mas já está em perigo devido à caça.

Foto 1: Ovos de tartaruga-oliva são depositados em areia da praia de San Diego, na cidade de La Libertad, em El Salvador (Foto: Ulises Rodriguez/Reuters)

Foto 2: Na última quarta (3), centenas de filhotes quebraram a casca e nasceram (Foto: Ulises Rodriguez/Reuters)

Foto 3: Após o nascimento, os filhotes foram direto para o mar. A espécie é considerada ameaçada de extinção. (Foto: Ulises Rodriguez/Reuters)  


Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.