terça-feira, 16 de outubro de 2012

Duas espécies do país integram lista global dos 25 primatas ameaçados

Relatório divulgado no dia 15 de outubro pela organização União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) apontou duas espécies de macacos do Brasil que integram a lista dos 25 primatas mais ameaçados de extinção do mundo. Segundo o documento, o macaco-caiarara (Cebus kaapori) e o bugio-marrom (Alouatta guariba guariba) correm risco de desaparecer da natureza em breve devido ao impacto do desmatamento, caça e outras ameaças. O caiarara foi descoberto no país em 1992 e a maioria da população desses animais podia ser encontrada na região da Amazônia Oriental, principalmente nas regiões leste do Pará, no Maranhão e nas proximidades do Rio Tocantins. Já o bugio-marrom, descrito pela primeira vez em 1812, tem como habitat uma área restrita próxima ao Rio Jequitinhonha, na região de Minas Gerais. Os dados foram apresentados durante evento realizado na COP-11 da Biodiversidade, conferência da ONU sobre Diversidade Biológica, que acontece em Hyderabad, na Índia. Segundo a IUCN, primatas da Ásia e da África também estão gravemente ameaçados, sendo que seis vivem apenas na Ilha de Madagascar. A organização cobrou esforços globais de conservação para que esses animais saiam da lista de ameaçados de extinção.
Foto 1: À esquerda, ilustração mostra exemplar de macaco-caiarara; à direita, desenho de espécime de bugio-marrom. Animais brasileiros estão em lista dos 25 primatas mais ameaçados do mundo (Foto: Reprodução/Relatório IUCN)


Foto 2: Frans Lanting / National Geographic Image Sales/Lêmures em Madagascar estão entre os mais ameaçados  


Fontes: G1; estadao.com.br; Último Segundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.