sábado, 3 de novembro de 2012

Fotógrafo americano fica cara a cara com urso polar no Canadá

O fotógrafo de vida selvagem Paul Souders conseguiu ficar cara a cara com um urso polar na Baía de Hudson, na cidade canadense de Churchill, após passar duas semanas "frias e solitárias" à procura do mamífero. As informações são do site do jornal britânico "Daily Mail". O americano conseguiu manter a calma e capturar várias imagens da fêmea nadando. Souders seguiu o animal com um bote inflável de 3 metros de comprimento e se aproximou dele a cerca de 50 km da costa coberta de gelo. Segundo o fotógrafo, que é de Seattle, o urso polar levou um tempo para se acalmar, ganhar confiança e ficar perto do barco. "Não me senti ameaçado, mas sabia que estava em um 'fio de navalha' – não tinha margem de erro. Vi a reação dela muito de perto, à procura de qualquer sinal de agressão", conta Souders. Ao longo da viagem, o americano viu apenas dois ursos, e só chegou perto desse. Ele levou um kit de equipamentos com 226 kg, que incluíam instrumentos de câmera, motor de barco e armas de proteção. Souders usou uma câmera remota instalada em um poste de 2 metros de altura e outra colocada em uma caixa especial para capturar esse tipo de imagem. 
Foto: Fêmea de urso polar é flagrada nadando bem próximo de barco de fotógrafo (Foto: Daily Mail/Reprodução)  
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.