segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Oakland instala primeira rede urbana de sensores de CO2 do mundo

Cientistas da Universidade de Berkeley estão instalando a primeira rede urbana de sensores de CO2 do mundo. Segundo o grupo, o sistema é um dos mais precisos já construídos. A rede permitirá o acompanhamento em tempo real do nível de dióxido de carbono no ar, facilitando o desenvolvimento de políticas públicas mais efetivas e a fiscalização da eficácia das já existentes. Além do CO2, a rede denominada Beacon vai medir monóxido de carbono, dióxido de nitrogênio e os níveis de ozônio, relatando todos os seus dados em seu site. Para popularizar o conhecimento sobre o sistema, os sensores estão sendo instalados próximos a escolas locais, a fim de despertar a curiosidade dos estudantes e estimulá-los a buscar mais informações sobre as mudanças do clima. No total, serão instalados 40 sensores, todos pequenos, fáceis de operar e de custo reduzido. Para os organizadores, talvez o resultado mais positivo a ser obtido pela rede seja realmente esse: incentivar a formação e mobilização dos jovens estudantes na área, influenciando futuros líderes a lidar com essas questões e reconhecer sua importância. 
Foto: A rede permitirá o acompanhamento de emissões em tempo real/Foto: reprodução  
Fonte: EcoD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.